O que são Eguns e porque são Eguns?

16/11/2015 19:55

São todos espíritos que já desencarnaram, para a Umbanda, eles são espíritos que ainda vão adquirir o seu grau de consciência, e muitas vezes não sabem que desencarnaram. Pode ser um obsessor quando esta ligado a um encarnado, querendo vivenciar seus vícios materiais ex: bebida, droga, sexo e outras, mas também por não aceitar se afastar de alguém encarnado ex: esposa, filhos amigos etc, mas também por querer se vingar de inimigos. As pessoas obsediadas por um Egum serão vampirizadas por eles, e mesmo sem saber quando entra no campo vibratório de um ser encarnado, por osmose, ele irá sugar a energia total do encarnado, tirando o vigor de um e revitalizando o outro.

A pessoa que for obsediada sentirá uma forte apatia, vazio por dentro, não quer saber mais o que quer direito, sentirá angústia, frio, sono, fraqueza, dores no corpo indisposição, medos etc. A presença de Egum também poderá intensificar nossos vícios e fraquezas, ficamos desiquilibrados, se aquele obsessor tiver o vício de beber o encarnado sempre bebera além do que pode, poderá ficar violento e muitas outras coisas. Eguns vagam em nosso meio e muitos deles são presos por Quiumbas são os que já sabem que desencarnaram e fogem de ser auxiliados, ficam escravos deles usam-nos para sugarem energias de seus desafetos.

Notamos que muitos ex viciados são Eguns, pois quando encarnados não conseguem se libertar de qualquer vício que tem, portanto vão se aproximar de algum encarnado que tenha algum vício como ele, para poderem sugar as energias, que vicia e por dividir com o Egum, este encarnado irá fazer uso do vício muito mais para poder satisfazer os dois: Temos espíritos que tem dependências de sexo, riquezas materiais, jogos e tantas outras formas de vícios, também são candidatos para se tornarem um Egum quando desencarnarem.

O Egum tomando consciência de seu estado e sua condição, ele passa a ser um sofredor, pois irá começar a clamar por Deus e por ajuda, ou passará a ser um Quiumba, pois irá fugir dos seres de luz para continuar em nosso meio. Nós precisamos mudar nosso campo vibratório para que este obsessor não consiga nos perturbar, e tirar nossa energia. Nós não somos perfeitos, temos inúmeros vícios, e muitas vezes não percebemos a aproximação deste obsessor, para isto precisamos de muita vibração e luz para que estes sejam esclarecidos e se afastem. Caso não conseguirmos resolver, devemos procurar ajuda  em local sério e que faça  eles seguirem seus caminhos e encontrar a luz.

Como fazer para ajudá-los e nos ajudarmos em tirar este obsessor, além de orações, procurar quem nos mostre os banhos de ervas que sirvam, e sempre ao fazer qualquer banho usá-los do pescoço abaixo, jamais na cabeça, este sim só com ajuda por perto. Pessoas que nos procuram nestes anos todos pedem ajuda, mas nunca querem se ajudar, não mudam sua maneira de agir, sua postura, acham que sempre terá que ser como querem, e pensam que só nos procurar já esta resolvido, um banho, sempre deve ser feito pelo máximo de três a sete dias, vemos pessoas que fazem um já querem resultado. Sempre informamos que a Umbanda não é um pronto socorro material e sim espiritual, e o tempo não é nosso e sim deles, agentes de luz. Precisamos saber que na Umbanda qualquer espirito que vier para ajudar tem seu poder, o médium precisará estar bem preparado, para que o seu mentor esclareça o obsessor, que precisará de tratamento, sempre é levado pelo Exu para que este Egum seja tratado e tirar seus vícios e ficar em paz, para onde será levado. O que não podemos aceitar e em toda trabalho para retirar um Egum, vir só Exus e Pomba Giras uma série de incorporações, como para mostrar que a pessoa obsediada esta com estes guias perturbando-os. O guia responsável de um local, irá saber como ajudar, esclarecer o Egum, com conselhos, e outras formas, para que não volte a acontecer de um Egum voltar. Pois temos a lei da atração, temos que vibrar positivamente para que possamos ficar em paz e com muita energia, sempre procurar ajuda, mas de quem é responsável pelo que faz, e que tem firmeza suficiente para ajudar a pessoa e ajudar um Egum a encontrar seu caminho de desencarnado. Feito isto o mesmo jamais quererá voltar a encontrar um encarnado.

 

 

                                                                    Sacerdote Pai Salun

                                                                    11/ 2015

Contato

FUCESP - Federação de Umbanda e Candomblé do Estado de São Paulo

CORRESPONDÊNCIA somente para o Escritório em S.Caetano do Sul:
Rua Manoel Coelho, 500 - 12º andar - sala 1.210 - cep: 09510-101 - São Caetano do Sul - SP.

TEMPLO / CURSOS
Alameda Iaiá, 79 - Gopouva - Guarulhos - SP - cep: 07060-000

11 - 9 8495-2098 (TIM)
11 - 9 9937-1770 (VIVO)
11 - 4221-8165 (Pai Salun)