Pontos riscado na Umbanda

26/11/2012 15:57

Muitos se perguntam sobre os pontos dos Guias Espirituais riscados, para que servem e qual a sua importância na Umbanda?

Na verdade esses pontos são firmeza dos mentores espirituais, aonde riscados com giz que é chamado de pemba.

Esses pontos são magísticos, e trazem a essência do Guia espiritual, são portais abertos por eles mesmos para retiradas de energias negativas e a emanação de energias positivas, vindo direto de cada orixá correspondente à linha do Guia ou mentor.

Dentro de cada ponto são utilizados símbolos, assim fica mais claro a identificação do mentor e qual orixá e linha ele corresponde. Mas o ponto não se resume apenas na identificação de um guia, linha, falange ou Orixá; ele pode fechar o corpo de um médium, pois a escrita sagrada se utiliza de magia para que qualquer espírito perturbador não se aproxime.

Dentro da nossa Umbanda isso é essencial, porém devemos respeitar a hora e necessidade do mentor. O médium precisa controlar seu desejo, de colocar no ponto todos os sinais que desejar, para que “sua” entidade tenha uma alta hierarquia, pois isso nada significa no plano espiritual.

Esses pontos magísticos na verdade são tão antigos como a humanidade, pois já foram encontradas em túmulos e urnas funerais há milhares de anos, como pontos magísticos na verdade esses pontos são verdadeiros códigos registrados e assediados ao mundo espiritual, eles identificam poderes e tipo de atividade que realizam.

Pode-se afirmar que a Pemba e um instrumento sagrado da Umbanda, pois nada pode se fazer com segurança sem os pontos riscados. A Pemba é confeccionada em calcário e modulada em formatos ovoides alongados, e servem para ao riscar, estabelecer ritualisticamente o contato vibratório com as energias cósmicas. Riscar um ponto de traz para frente é inverter ou perverter a força da magia. Então não basta ver um ponto no livro para risca-lo sem o devido conhecimento. O mau uso do ponto riscado pode levar as consequências imprevisíveis, comparáveis as de um leigo em assuntos de eletricidade, entrando numa casa de forças e pondo-se a manejar as chaves ou embaralhar os fios, provocando e eletrocussões em si nos outros .

Apresentado Por Shirley Maia

Contato

FUCESP - Federação de Umbanda e Candomblé do Estado de São Paulo

CORRESPONDÊNCIA somente para o Escritório em S.Caetano do Sul:
Rua Manoel Coelho, 500 - 12º andar - sala 1.210 - cep: 09510-101 - São Caetano do Sul - SP.

TEMPLO / CURSOS
Alameda Iaiá, 79 - Gopouva - Guarulhos - SP - cep: 07060-000

11 - 9 8495-2098 (TIM)
11 - 9 9937-1770 (VIVO)
11 - 4221-8165 (Pai Salun)